Fasciíte palmar de Dupuytren
INFLAMAÇÃO SISTÊMICA IMUNE. Fibromatose de fáscia palmar; Contratura de Dupuytren; Fibromatose de Dupuytrenr; Dupuytren contracture; Dupuytren disease; Morbus Dupuytren; Viking disease; Celtic hand. Descrita em 1831 por Guillaume Dupuytren (1777-1835), cirurgião francês.
Sexo: >M. Idade: Adulto. Mais de 50A. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: . Incidência comum. Rara. GRUPO ÉTNICO-RELIGIOSO: Branco. HISTÓRIA PESSOAL:. Alcoolismo. Cirrose hepática. Epilepsia. Tuberculose. Diabetes mellitus. PROFISSÃO: Trabalhadores braçais, mãos sujeitas a microfraturas ou vibrações. TRANSMISSÃO: Miopatia com predisposição genética. PROGNÓSTICO: Crônica lentamente progressiva. Dificuldades funcionais e cosméticas incapacitantes eventual. Fibromatose plantar em 10%. Recorrência com tratamento com triamcinolona é comum. Fibrose Sistêmica, rara.
Clínica:. Sensação de dedos apertados. Dificuldade de extender os dedos. Hipersensibilidade nos dedos, eventual. Edema localizado, palmar bilateral. Contração do 4 ou 5 dígitos, em uma ou ambas as mãos. Hiperplasia da fácia palmar, e estruturas relacionadas. Formação de nódulo firme, de consistência dura, semelhante a um cordão. Contratura da fáscia palmar. Evolução crônica, lentamente progressiva.
Laboratório:
Lista de 7 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Contração do 4 ou 5 dígitos.
. Contratura da fáscia palmar.
. Dificuldade de extender os dedos.
. Formação de nódulo firme.
. Hiperplasia da fácia palmar.
. Hipersensibilidade nos dedos.
. Sensação de dedos apertados.