Septicemia do recém-nascido por estreptococo do grupo B
CIRCULATÓRIO: VASOS SANGUÍNEOS DA MICROCIRCULAÇÃO SISTÊMICA. Estreptococo do grupo B; Sepsis neonatal por estreptococo do grupo B.
Sexo: Não informado. Idade: 1Neonato. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: IDADE:. 1Neonato. . Taxa de transmissão, altas. Taxa de sepsis neonatal, baixa. Menos de 4:1000 nascidos vivos. HISTÓRIA PESSOAL:. Endometrite pós-parto. PROGNÓSTICO: Taxa de mortalidade em prematuros, 50%, a termo, 25%. Morbidade crônica. Retardo mental. Déficits neurológicos. Contato com os profissionais de saúde, doença de início tardio, 45% destes profissionais tansmitem a infecção aos recém-nascidos, por contato.
Clínica:
Laboratório:
Nenhum conjunto compatível de até 5 elementos foi encontrado!