Intoxicação crônica por Arsênico e seus compostos - Hidrarsenismo regional crônico endêmico
INTOXICAÇÃO. Intoxicação crônica complicado com arsênico e seus compostos hidrarsenismo regional crônico endêmico.
Sexo: Não informado. Idade: Não informada. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: . Concentrações elevadas de Arsênico no solo e água. DISTRIBUIÇÃO:. Distribuição: Intoxicação crônica com Arsênico e seus compostos - Hidrarsenismo regional crônico endêmico. HISTÓRIA PESSOAL:. Bócio. A ingestão diária de 12 a 15 µg pode obter-se sem problemas com a dieta diária de carnes, pescados, vegetais e cereais, sendo os peixes e crustáceos os alimentos mais ricos em arsênio, apresentando-o geralmente na forma de arsenobetaína, menos tóxica que o o arsênio inorgânico. PROGNÓSTICO: Carcinoma de células escamosas. casos fatais de intoxicação por arsênico após ingestão oral em doses estimadas iguais ou superiores a 2g. Doença de Bowen. Carcinoma de células basais.
Clínica:. Lesão cutânea em pingo de chuva. Disceratose. Hiperceratose. Hiperpigmentação cutânea. Lesão na mucosa, úlcera. Evolução crônica.
Laboratório:
Lista de 3 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Disceratose.
. Lesão cutânea em pingo de chuva.
. Hiperceratose. Hiperpigmentação cutânea.