Intoxicação por cetorolaco de trometamina
INTOXICAÇÃO. Acular.
Sexo: Não informado. Idade: Não informada. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: FÓRMULA: Solução oftálmica - 0,5pcc. INDICAÇÕES: Indicado para alívio do prurido ocular devido à conjuntivite alérgica e redução da dor e fotofobia em cirurgias refrativas. POSOLOGIA: Uma gota no saco conjuntival 4 vezes ao dia, até 7 dias. Após cirurgias, usar por 3 dias. CONTRA INDICAÇÃO: Pacientes com hipersensibilidade anterior demonstrada a qualquer dos ingredientes da formulação. INTERAÇÕES: Sensibilidade cruzada com ácido acetilsalicílico, derivados do ácido fenilacético e outros agentes antiinflamatórios não esteroidais. Com alguns antiinflamatórios não esteroidais, há aumento do potencial de sangramento dos tecidos oculares. PRECAUÇÕES: Pacientes com tendência hemorrágica ou que estejam recebendo outras medicações que podem prolongar o tempo de sangramento. Não fazer uso concomitante do produto com lentes de contato. Gravidez e lactação. Se uma dose excessiva for colocada acidentalmente no olho, este deverá ser lavado abundantemente com água ou soro fisiológico. TIPO: Soluções Oftálmicas.
Clínica:. Dor aguda e ardor à instilação, transitório. Irritação nos olhos. Reações alérgicas. Infecção ocular, superficial. Ceratite, superficial.
Laboratório:
Lista de 4 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Dor aguda e ardor à instilação.
. Ceratite. Infecção ocular.
. Ceratite. Irritação nos olhos.
. Ceratite. Reações alérgicas.