Malária por Plasmodium falciparum com complicações cerebrais
SANGUE E LINFA: HEMATOPOIESE, HEMATÓCRITO E HEMÓLISE | GRANULOMATOSES INFECCIOSAS. Malária por Plasmodium falciparum complicado com complicações cerebrais; Malária cerebral; Malária de Durck; Malária cerebral; Cerebral malaria. Os granulomas foram descritos por Hermann Durck (1869-1941), patologista alemão. As vênulas cerebrais estão cheias de eritrócitos infectados, microhemorragias, isquemia local e global e proliferação glial, que culmina na formação de astrócitos e agregados microgliais chamados granulomas de Durck ou granuloma malárico.
Sexo: Não informado. Idade: Criança. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: PROGNÓSTICO: Disenteria. Fezes em água de arroz. Urina escura. Anúria.
Clínica:. Malária, por Plasmodium falciparum. Cefaleia, intensa. Sonolência, progressiva. Confusão mental. Convulsões. Delírio. Sinais neurológicos. Hemorragia retiniana. Coma.
Laboratório: HEMOGRAMA:. Diagnóstico, Anemia. MORFO do cérebro:. Edema cerebral acentuado. Áreas de amolecimento cerebral. Veia cerebral com hemácias e pequenos e numerosos pontos escuros ligadas ao endotélio vascular cerebral.
Lista de 16 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Cefaleia. Hemorragia retiniana.
. Cefaleia. Malária.
. Coma. Hemorragia retiniana.
. Coma. Malária.
. Confusão mental. Hemorragia retiniana.
. Confusão mental. Malária.
. Convulsões. Hemorragia retiniana.
. Convulsões. Malária.
. Delírio. Hemorragia retiniana.
. Delírio. Malária.
. Delírio. Sinais neurológicos.
. Hemorragia retiniana. Malária.
. Hemorragia retiniana. Sinais neurológicos.
. Hemorragia retiniana. Sonolência.
. Malária. Sinais neurológicos.
. Malária. Sonolência.