Bloqueio atrioventricular do terceiro grau
CIRCULATÓRIO: CONDUTIBILIDADE. (BAV); Bloqueio AV total; Bloqueio atrioventricular total; Bloqueio atrioventricular de terceiro grau; BAV total; Bloqueio atrioventricular completo.
Sexo: Não informado. Idade: Não informada. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: HISTÓRIA PESSOAL:. Assintomático. Infarto agudo do miocárdio. Bloqueio atrioventricular, em >5% dos IAM inferiores). PROGNÓSTICO: Síncope, dura segundo a minutos, na transição entre o Bloqueio de 2G e o de 3G, por assitolia ventricular. IAM evolui por horas ou semanas. Fibrilação ventricular. Risco de vida. Morte súbita. Indicado o implante, de marca-passo artificial.
Clínica:. Fraqueza. Dispneia, em repouso. Síncope, eventual. Bloqueio átrio-ventricular, do segundo grau, precedido por IAM. Pulso arterial lento, menos de 50 por min, não aumenta com exercício. B1 variável. Pulso arterial forte. Hipertensão arterial, sistólica, variável. Pulso jugular aumentado, em canhão.
Laboratório: ECG:. Bradicardia, idioventricular, regular. Onda P regular. Onda P totalmente dissociada do QRS. Complexo QRS alargado.
Lista de 19 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. B1 variável. Bloqueio átrio-ventricular.
. B1 variável. Dispneia.
. B1 variável. Fraqueza.
. B1 variável. Hipertensão arterial.
. B1 variável. Pulso arterial forte.
. B1 variável. Pulso arterial lento.
. Bloqueio átrio-ventricular. Hipertensão arterial.
. Bloqueio átrio-ventricular. Pulso arterial forte.
. Bloqueio átrio-ventricular. Pulso arterial lento.
. Bloqueio átrio-ventricular. Pulso jugular aumentado.
. Dispneia. Pulso arterial lento.
. Fraqueza. Pulso arterial forte.
. Fraqueza. Pulso arterial lento.
. Hipertensão arterial. Pulso arterial lento.
. Pulso arterial forte. Pulso arterial lento.
. Pulso arterial forte. Pulso jugular aumentado.
. Pulso arterial forte. Síncope.
. Pulso arterial lento. Pulso jugular aumentado.
. Pulso arterial lento. Síncope.