Endometriose
CICLO MENSTRUAL (Útero). Endometriosis. Presença da mucosa que reverte a parede interna do útero localizada fora do útero. #Adenomiose. Descrita em 1860 por Karl von Rokitansky (1804-1878), patologista austríaco, e em 1899 por William Russell (1866-1923), médico americano. O ciclo endometrial foi descrito em 1907 por Ludwig Adler (1876-1958) e Fritz Hitschmann (1870-1926), ginecologistas austríacos, em 1908 por Thomas Cullen (1868-1953), ginecologista candense.
Sexo: 0M. Idade: Adulto. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: EPIDEMIOGIA:. No Brasil estima-se 6 milhões de brasileiras. 15 a 20% dos úteros, o tecido endometrial estende-se entre os feixes do miométrio. Fala-se em endometriose interna ou adenomiose quando ninhos de estroma endometrial, com ou sem glândulas, estão situados 2 - 3 mm abaixo da interface, ou mais profundamente. A endometriose externa ou simplesmente endometriose é a presença de tecido endometrial fora do útero. As principais localizações são ovários, ligamentos uterinos, septo retovaginal, peritônio pélvico, cicatrizes ciúrgicas na parede abdominal e, raramente, no umbigo, vagina, vulva e intestinos. PROGNÓSTICO: Bom, com tratamento. Prevalência de 2% entre mulheres ferteis, e 3 a 4 vezes maior do que nas inférteis, nos EUA. Há infertilidade em 30 a 40% dos casos.
Clínica:. Dismenorreia, intensa, secundária. Diarreia. Urgência urinária. Disúria, perimenstrual, eventual. Poliúria, eventual. Urina com cor escura, eventual. Infertilidade, eventual. Dor retal, eventual. Hemorragia retal, eventual. Dor abdominal, recorrente, no 2 a 7 dias antes do início da menstruação, crescente, melhora com a menstruação. Nódulos na escavação reto-uterina, endurecidos, sensiveis, no início da menstruação. Hipermenorreia. Dor pélvica, em cólica, crônica. Dispareunia, especialmente no período pré-menstrual.
Laboratório: ECO:. Positivo, eventual. IMUNO:. CA 125 aumentado. RNM:. Positivo. ENEMA baritado:. Positivo, eventual. LAPAROSCOPIA:. Positivo. URINA:. Hematúria. MORFO do útero:. Microscopia do útero com endometriose, aumento difuso do útero, nodularidade ausente, pequenos implantes vermelho-azulados a castanho no miométio, pequenos implantes vermelho-azulados a castanho serosa, ninhos de endométrio na espessura do miométrio com glândulas e estroma, interface endomiometrial bem demarcada, tecido endometrial entre os feixes do miométrio eventual, ninhos ectópicos podem causar espessamento da parede, pequenos cistos na parede, focos de endometriose externa. MORFO do intestino grosso:. Microscopia do intestino grosso com endometriose externa, ilhotas de endométrio constituído por glândulas e estroma, situados na camada muscular lisa do intestino. MORFO da parede abdominal (cicatriz):. Microscopia da parede abdominal com endometriose, focos de endometriose extern situado no músculo reto anterior do abdome e envolto por tecido fibroso, reação inflamatória crônica, com hemorragia, fibrose, hemossiderose.
Lista de 61 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Nódulos na escavação reto-uterina.
. Diarreia. Dispareunia.
. Diarreia. Dor retal.
. Diarreia. Infertilidade.
. Diarreia. Urgência urinária.
. Dismenorreia. Dispareunia.
. Dismenorreia. Disúria.
. Dismenorreia. Dor retal.
. Dismenorreia. Hemorragia retal.
. Dismenorreia. Urgência urinária.
. Dismenorreia. Urina com cor escura.
. Dispareunia. Dor pélvica.
. Dispareunia. Dor retal.
. Dispareunia. Hemorragia retal.
. Dispareunia. Urgência urinária.
. Dispareunia. Urina com cor escura.
. Disúria. Dor pélvica.
. Disúria. Dor retal.
. Disúria. Hemorragia retal.
. Disúria. Hipermenorreia.
. Disúria. Infertilidade.
. Dor abdominal. Dor retal.
. Dor pélvica. Dor retal.
. Dor pélvica. Hemorragia retal.
. Dor pélvica. Urgência urinária.
. Dor retal. Hemorragia retal.
. Dor retal. Hipermenorreia.
. Dor retal. Infertilidade.
. Dor retal. Poliúria.
. Dor retal. Urgência urinária.
. Dor retal. Urina com cor escura.
. Hemorragia retal. Hipermenorreia.
. Hemorragia retal. Infertilidade.
. Hemorragia retal. Poliúria.
. Hemorragia retal. Urgência urinária.
. Hemorragia retal. Urina com cor escura.
. Hipermenorreia. Urgência urinária.
. Hipermenorreia. Urina com cor escura.
. Infertilidade. Urgência urinária.
. Infertilidade. Urina com cor escura.
. Diarreia. Dismenorreia. Hipermenorreia.
. Diarreia. Dismenorreia. Poliúria.
. Diarreia. Disúria. Dor abdominal.
. Diarreia. Disúria. Urina com cor escura.
. Diarreia. Dor pélvica. Poliúria.
. Diarreia. Dor pélvica. Urina com cor escura.
. Diarreia. Hipermenorreia. Poliúria.
. Diarreia. Poliúria. Urina com cor escura.
. Dismenorreia. Dor abdominal. Dor pélvica.
. Dismenorreia. Dor abdominal. Hipermenorreia.
. Dismenorreia. Dor abdominal. Infertilidade.
. Dismenorreia. Dor abdominal. Poliúria.
. Dispareunia. Hipermenorreia. Poliúria.
. Dispareunia. Infertilidade. Poliúria.
. Dor abdominal. Dor pélvica. Infertilidade.
. Dor abdominal. Dor pélvica. Poliúria.
. Dor abdominal. Dor pélvica. Urina com cor escura.
. Dor abdominal. Hipermenorreia. Poliúria.
. Dor abdominal. Infertilidade. Poliúria.
. Dor abdominal. Urgência urinária. Urina com cor escura.
. Dor pélvica. Poliúria. Urina com cor escura.