Doença pelo HIV com pneumonia por fungos Pneumocystis carinii com mais de 3 meses
DOENÇAS PELO HIV. Doença pelo HIV complicado com pneumonia por fungos Pneumocystis carinii complicado com mais de 3 meses; ncefalite da imunodeficiência humana complicado com pneumonia por Pneumocystis carinii maior que 3M; Pneumocistose tardia associado a AIDS.
Sexo: Não informado. Idade: Não informada. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: . Incidência inversamente proprocional à contagem de CD4. Pneumocistose em crianças maiores e adultos com imunodeficiência (câncer, Desnutrição severa, debilidade, uso de imunosupressores, citotóxicos ou irradiação para transplante de órgãos e aidéticos). Fluxo aéreo pulmonar reduzido. HISTÓRIA PESSOAL:. Doença pelo HIV, 70-80% dos casos. Início súbito após supressão de corticóides. PROGNÓSTICO: Insuficiência respiratória. Hipóxia grave. Grandes derrames pleurais é raro. Pneumotórax recorrente principal causa de mortalidade em Doença pelo HIV. Mortalidade sem/com tratamento 100%/25%. Recorrência sem profilaxia de 30%.
Clínica:. Febre. Fadiga muscular. Tosse, crônica, discreta. Perda de peso. &. Dispneia, em repouso. Taquipneia. Encurtamento da respiração. Creptações pulmonares, bibasilares. Deterioração rápida. Pneumotórax, espontâneo, em adultos. Estertores pulmonares, inspiratório, bolhosos, precoce. Evolução subaguda.
Laboratório: RX de tórax:. Infiltrados perihilares ou interesticial, em 66%). ENZIMAS E PIGMENTOS SÉRICOS:. Desidrogenase lática aumentada, em 95%, esp de 70%. MORFO do agente:. Coloração de Wright-Giemsa em 50-80%. Lavado broncoalveolar:. Positivo, em 95%. HEMOGRAMA:. CD4 >250/microL nos <2M em 95-99%. MORFO transbrônquica:. Positivo. LÍQUIDO pleural:. Derrame pleural, exudativo.
Lista de 22 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Deterioração rápida.
. Encurtamento da respiração.
. Creptações pulmonares. Evolução subaguda.
. Creptações pulmonares. Fadiga muscular.
. Creptações pulmonares. Perda de peso.
. Creptações pulmonares. Pneumotórax.
. Estertores pulmonares. Evolução subaguda.
. Evolução subaguda. Pneumotórax.
. Evolução subaguda. Taquipneia.
. Fadiga muscular. Pneumotórax.
. Perda de peso. Pneumotórax.
. Perda de peso. Taquipneia.
. Pneumotórax. Taquipneia.
. Dispneia. Evolução subaguda. Perda de peso.
. Estertores pulmonares. Fadiga muscular. Taquipneia.
. Evolução subaguda. Fadiga muscular. Tosse.
. Evolução subaguda. Perda de peso. Tosse.
. Fadiga muscular. Febre. Taquipneia.
. Fadiga muscular. Taquipneia. Tosse.
. Dispneia. Estertores pulmonares. Fadiga muscular. Febre.
. Dispneia. Evolução subaguda. Fadiga muscular. Febre.
. Dispneia. Estertores pulmonares. Fadiga muscular. Perda de peso. Tosse.