Uveíte
PATOLOGIAS DA ÚVEA | GRANULOMATOSES NÃO-INFECCIOSAS. Nódulos de Koeppe; Nódulos de Bussaca. A Úvea é formada pela íris, corpo ciliar e coroide. Descrita em 1917 por Leonhard Koeppe (1884-1969), oftalmologista alemão.
Sexo: Não informado. Idade: Não informada. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: CLASSIFICAÇÃO: ANATÔMICA. 1- uveíte anterior (inflamação localizada na íris, ou corpo ciliar, ou ambos). 2- uveíte intermediária (inflamação primária do corpo ciliar, coróide e retina periférica). 3- uveíte posterior (inflamação primária da coróide). 4- uveíte difusa ou pan-uveíte (inflamação de todos os componentes anatômicos da úvea-íris, corpo ciliar e coróide). MORFOLÓGICA: 1- Uveíte granulomatosa é caracterizada pela tendência a formação de nódulos de íris (Koeppe ou Bussaca) e precipitados ceráticos -mutton fat. 2- Uveíte não granulomatosa tem pequena ou nenhuma tendência à formação tanto de nódulos quanto de precipitados ceráticos. EVOLUÇÃO: 1- uveítes agudas cuja inflamação duram semanas ou poucos meses, e que terminada a crise desaparecem. 2- Nas uveítes crônicas a inflamação dura meses ou anos, sem seu desaparecimento completo entre os períodos de exacerbação. HISTÓRIA PESSOAL:. Espondilite ancilosante. Síndrome de Reiter. Artrite reumatóide juvenil. Uveíte granulomatosa da pars plana. Toxoplasmose. Infecção por citomegalovírus. Necrose retiniana aguda. Toxocaríase. Coroidopatia de Birdshot. Histoplasmose. Tuberculose. Sífilis. Síndrome de Behçet. Oftalmia simpática. Síndrome de Vogt-Koyanagi-Harada. Sarcoidose. Sarcoma. Linfoma.
Clínica:. Visão embaçada. Visão de pontos pretos flutuantes. Dor no olho, binocular, intensa. Hiperemia da esclera. Fotofobia. Vasos sanguíneos proeminentes na borda da íris. Anormalia da córnea.
Laboratório: FUNDOSCOPIA:. Opacificação do humor vítreo. Uveíte granulomatosa com inflamação e presença de massa pequena.
Lista de 6 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Hiperemia da esclera.
. Vasos sanguíneos proeminentes na borda da íris.
. Visão de pontos pretos flutuantes.
. Anormalia da córnea. Dor no olho.
. Anormalia da córnea. Fotofobia.
. Anormalia da córnea. Visão embaçada.