Hamartoma de glândulas de Brunner
DISPLASIAS DO SISTEMA ENDÓCRINO E REPRODUTOR | HAMARTOMAS. Adenoma de glândulas duodenais de Brunner; Hiperplasia adenomatosa das gândulas de Brunner; Brunneroma. Hamartion (gr) = corpo defeituoso. Descrita em 1835 por Jean Cruveilhier (1791-1874), patologista francês. As glândulas foram descritas em 1688 por Johann Brunner (1653-1727), anatomista suíço.
Sexo: Não informado. Idade: Não informada. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: . Incidência rara, 10% dos tumores duodenais benignos. PROGNÓSTICO: Pancreatite aguda recorrente. Intussuscepção intestinal. Icterícia obstrutiva.
Clínica:. Melena. Constipação, eventual.
Laboratório: ENDOSCOPIA:. Pólipo duodenal, volumoso pólipo bulbar, com cerca de 5 cm de diâmetro, superfície irregular, friável e facilmente hemorrágico, pedículo longo, inserido no início da segunda porção duodenal. MORFO do duodeno:. Metaplasia gástrica e tecido fibrogranulocitrário de fundo da lesão ulcerada, não aderente à camada muscular.
Nenhum conjunto compatível de até 5 elementos foi encontrado!