Nevo de Ota
NEVOS | HIPERCROMIAS. Melanose oculodérmica,; Nevo fusco-cerúleo oftálmo-maxilar; Nevo foscocerúleo oftalmomaxilar de Ota; Oculodermal melanocytosis; Nevus of Ota. Descrita em 1939 por Masao Ota (1885-1945), dermatologista japonês.
Sexo: Não informado. Idade: Não informada. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia:
Clínica:. Lesão macular no lado da face, envolvendo a conjuntiva e as pálpebras, pele adjacente à face, esclera, músculos oculares, periósteo.
Laboratório: MORFO do tumor:. As características histológicas variam desde aquelas de uma marca mongólica até aquelas de um nevo azul.
Nenhum conjunto compatível de até 5 elementos foi encontrado!