Sarcoma de Kaposi
HERPESVIROSES | SARCOMAS. Associado ao HHV-8; (herpesvirus 8 humano; KSHV); Sarcoma múltiplo pigmentado idiopático; Sarcoma idiopático pigmentado duplo. Tumor causado por um vírus herpético descoberto em 1993. #Doença de Kaposi (Xeroderma pigmentoso). Descrita em 1872 por Moritz Kaposi (1837-1902), médico húngaro.
Sexo: >M, 10x1. Idade: Meia-idade. Idoso. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: . Raro, multicêntrico, de moderado grau de malignidade.. Endêmico em partes da África Central e Europa Central e Oriental; uma forma particularmente virulenta e disseminada ocorre em pacientes Imunodeprimidos, em geral, receptores de transplantes e aqueles com síndrome de imunodeficiência adquirida. 96% de todos os casos de sarcoma de Kaposi relacionado à AIDS ocorrem neste grupo de homossexuais masculinos. PROGNÓSTICO:. O óbito frequentemente ocorre por infecções oportunistas mais do que por consequência direta do tumor. 33% dos pacientes com AIDS e SK apresentam mais tardiamente outro tumor, geralmente um linfoma. CLASSIFICAÇÃO: Clássica. Endêmica. Pós-transplante. Associada ao HIV-1.
Clínica:. Lesão cutânea nodular, vermelho-azulado, arroxeada, plana, elevada, borda irregular, extremidades inferiores, dedos dos pés, aumenta lentamente em tamanho e número, disseminando para locais mais proximais. Hemorragia digestiva, eventual. Dispneia, eventual. Hemoptise, eventual. Expectoração sanguinolenta. Evolução crônica.
Laboratório: MORFO do tumor:. Canais revestidos por endotélio e espaços vasculares misturados com agregados de variados tamanhos de células fusiformes e muitas vezes permanecem limitados à pele e tecido subcutâneo, mas pode ocorrer comprometimento visceral disseminado.
Lista de 9 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Dispneia. Lesão cutânea nodular.
. Evolução crônica. Expectoração sanguinolenta.
. Expectoração sanguinolenta. Hemoptise.
. Expectoração sanguinolenta. Hemorragia digestiva.
. Expectoração sanguinolenta. Lesão cutânea nodular.
. Hemoptise. Hemorragia digestiva.
. Hemoptise. Lesão cutânea nodular.
. Hemorragia digestiva. Lesão cutânea nodular.
. Dispneia. Evolução crônica. Hemorragia digestiva.