Leucemia mieloide crônica
LEUCEMIAS MIELÓIDE. LMC; Leucemia mielocítica crônica; Leucemia granulocítica crônica; Leucemia mieloide crônica; Leucemia mielógena crônica; Chronic myeloid leukemia; Chronic myelogenous leukemia. Descrita em 1845 por John Bennett (1812-1875), patologista escocês.
Sexo: Não informado. Idade: Adulto. Meia-idade. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: . A leucemia mielóide crônica (LMC) representa cerca de 15% do total das leucemias, acometendo em torno de 1 a 2 casos para cada 100 mil indivíduos anualmente. Pico de incidência entre 45 e 55 anos de idade, podendo acometer crianças e, em 10% a 15% dos casos, pacientes a partir de 60A. . Nos poucos casos que parecem negativos por cariotipagem e por FISH, a análise molecular revela rearranjos do protooncogene bcr-abl (critério diagnóstico). Mieloproliferativa por produção excessiva de células do tecido linfóide e mielóides evoluindo para a malignidade após um longo período de estabilidade e terminando em uma crise blástica. PROGNÓSTICO: Herpes zoster. Púrpura. Anemia. Trombocitopenia progressiva. Crise blástica quando os blastos aumentando no sangue. Medula óssea com mais de 30% das células formadas por blastos. Evolui mais frequentemente para crise blástica que para mielofibrose Óbito sem transplante em 3-4A. Extremamente difícil de se tratar. pode haver progressão para linfoma de grandes células e alta proliferação (síndrome de Richter).
Clínica:. Palidez cutâneo-mucosa, inicial, eventual. Fadiga muscular. Baixa tolerância a exercícios. Sudorese aumentada, noturna. Febre, moderada. Abdome distendido. Visão embaçada, eventual. Perda de peso. Dispneia, eventual. Priapismo, eventual. Dor óssea. Hepatomegalia. Esplenomegalia, acentuada. Adenomegalia. Sensibilidade esternal. Insuficiência da medula óssea, na crise blástica. Hemorragia na crise blástica. Infecção recorrente. Evolução crônica.
Laboratório: HEMOGRAMA:. Hematócrito diminuído. Eritrócitos nucleados, raros no início. Promielócitos. Granulócitos com basofilia e Eosinófilos aumentados, eventual. <=>>Plaquetas (grandes eventual). >>Leucócitos até 150.000-500.000/uL. Desvio à esquerda da série mielóide com promielócitos e blastos <5%. Amostra neutrófilos maduro, banda, metamielócitos, mielócitos e promielócitos. explosões menos de 10%. As células tipo pseudo-Pelger-Huet, basofilia, leucocitosiacima de 100.000 s, anemia. ENZIMAS E PIGMENTOS SÉRICOS:. Fosfatase alcalina baixa (sinal de anormalidade nos neutrófilos). PLASMA:. Transcobalamina III aumentado. Ácido úrico aumentado. VITAMINA:. Vitamina B12 aumentado. MORFO da medula óssea:. hipercelular com mielopoiese à esquerda. IMUNO:. Esta anormalidade do cariótipo pode ser constatada por técnicas citogenéticas, incluindo hibridização in situ fluorescente (FISH). População monótona de pequenos linfócitos e praticamente sempre é de imunofenótipo B; tem morfologia indistinguível do linfoma não Hodgkin linfocítico. MORFO do baço:. Macroscopia do baço com esplenomegalia, baço extremamente aumentado, com superfície de corte homogênea e capsula lisa devido à infiltração e metaplasia mielóides. MORFO da medula óssea:. Microscopia do osso com micromegacariócitos, medula óssea de crista ilíaca (biópsia de agulha), com grande aumento da celularidade, o tecido adiposo praticamente desapareceu, ao contrário da leucemia mielóide aguda o aspecto não é monótono, as séries mais evidentes são a granulocítica e a megacariocítica, série eritroblástica quase ausente, série granulocítica tem elementos desde os mais imaturos a maduros (com núcleos lobados, lembrando os de neutrófilos), grande parte são eosinófilos, há várias mitoses, inclusive atípicas, os megacariócitos são atípicos, pequenos, e formam agrupamentos, quando seus núcleos não apresentam a multilobulação normal são denominados micromegacariócitos.
Lista de 205 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Hemorragia na crise blástica.
. Sensibilidade esternal.
. Abdome distendido. Baixa tolerância a exercícios.
. Abdome distendido. Insuficiência da medula óssea.
. Abdome distendido. Priapismo.
. Abdome distendido. Visão embaçada.
. Adenomegalia. Insuficiência da medula óssea.
. Adenomegalia. Priapismo.
. Baixa tolerância a exercícios. Dispneia.
. Baixa tolerância a exercícios. Dor óssea.
. Baixa tolerância a exercícios. Esplenomegalia.
. Baixa tolerância a exercícios. Febre.
. Baixa tolerância a exercícios. Hepatomegalia.
. Baixa tolerância a exercícios. Infecção recorrente.
. Baixa tolerância a exercícios. Insuficiência da medula óssea.
. Baixa tolerância a exercícios. Palidez cutâneo-mucosa.
. Baixa tolerância a exercícios. Perda de peso.
. Baixa tolerância a exercícios. Priapismo.
. Baixa tolerância a exercícios. Sudorese aumentada.
. Baixa tolerância a exercícios. Visão embaçada.
. Dispneia. Infecção recorrente.
. Dispneia. Insuficiência da medula óssea.
. Dor óssea. Infecção recorrente.
. Dor óssea. Insuficiência da medula óssea.
. Dor óssea. Sudorese aumentada.
. Dor óssea. Visão embaçada.
. Esplenomegalia. Insuficiência da medula óssea.
. Evolução crônica. Infecção recorrente.
. Evolução crônica. Insuficiência da medula óssea.
. Evolução crônica. Priapismo.
. Fadiga muscular. Insuficiência da medula óssea.
. Febre. Insuficiência da medula óssea.
. Hepatomegalia. Insuficiência da medula óssea.
. Infecção recorrente. Insuficiência da medula óssea.
. Infecção recorrente. Priapismo.
. Infecção recorrente. Visão embaçada.
. Insuficiência da medula óssea. Palidez cutâneo-mucosa.
. Insuficiência da medula óssea. Perda de peso.
. Insuficiência da medula óssea. Priapismo.
. Insuficiência da medula óssea. Sudorese aumentada.
. Insuficiência da medula óssea. Visão embaçada.
. Priapismo. Visão embaçada.
. Abdome distendido. Adenomegalia. Dispneia.
. Abdome distendido. Adenomegalia. Infecção recorrente.
. Abdome distendido. Dispneia. Dor óssea.
. Abdome distendido. Dispneia. Esplenomegalia.
. Abdome distendido. Dispneia. Evolução crônica.
. Abdome distendido. Dispneia. Fadiga muscular.
. Abdome distendido. Dispneia. Palidez cutâneo-mucosa.
. Abdome distendido. Dispneia. Sudorese aumentada.
. Abdome distendido. Dor óssea. Febre.
. Abdome distendido. Esplenomegalia. Infecção recorrente.
. Abdome distendido. Evolução crônica. Febre.
. Abdome distendido. Evolução crônica. Sudorese aumentada.
. Abdome distendido. Fadiga muscular. Infecção recorrente.
. Abdome distendido. Febre. Infecção recorrente.
. Abdome distendido. Infecção recorrente. Palidez cutâneo-mucosa.
. Abdome distendido. Infecção recorrente. Perda de peso.
. Adenomegalia. Dispneia. Dor óssea.
. Adenomegalia. Evolução crônica. Visão embaçada.
. Adenomegalia. Fadiga muscular. Infecção recorrente.
. Adenomegalia. Febre. Infecção recorrente.
. Adenomegalia. Infecção recorrente. Palidez cutâneo-mucosa.
. Adenomegalia. Infecção recorrente. Perda de peso.
. Adenomegalia. Infecção recorrente. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Dor óssea. Evolução crônica.
. Dispneia. Dor óssea. Perda de peso.
. Dispneia. Fadiga muscular. Priapismo.
. Dispneia. Palidez cutâneo-mucosa. Visão embaçada.
. Dispneia. Perda de peso. Priapismo.
. Dispneia. Priapismo. Sudorese aumentada.
. Dor óssea. Esplenomegalia. Perda de peso.
. Dor óssea. Fadiga muscular. Priapismo.
. Dor óssea. Hepatomegalia. Perda de peso.
. Dor óssea. Perda de peso. Priapismo.
. Esplenomegalia. Fadiga muscular. Priapismo.
. Esplenomegalia. Infecção recorrente. Sudorese aumentada.
. Esplenomegalia. Palidez cutâneo-mucosa. Visão embaçada.
. Evolução crônica. Palidez cutâneo-mucosa. Visão embaçada.
. Evolução crônica. Sudorese aumentada. Visão embaçada.
. Fadiga muscular. Hepatomegalia. Infecção recorrente.
. Fadiga muscular. Hepatomegalia. Priapismo.
. Fadiga muscular. Infecção recorrente. Sudorese aumentada.
. Fadiga muscular. Palidez cutâneo-mucosa. Priapismo.
. Fadiga muscular. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada.
. Fadiga muscular. Perda de peso. Priapismo.
. Fadiga muscular. Priapismo. Sudorese aumentada.
. Febre. Hepatomegalia. Infecção recorrente.
. Febre. Infecção recorrente. Sudorese aumentada.
. Hepatomegalia. Infecção recorrente. Palidez cutâneo-mucosa.
. Hepatomegalia. Infecção recorrente. Perda de peso.
. Hepatomegalia. Perda de peso. Priapismo.
. Hepatomegalia. Priapismo. Sudorese aumentada.
. Infecção recorrente. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada.
. Infecção recorrente. Perda de peso. Sudorese aumentada.
. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso. Priapismo.
. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso. Visão embaçada.
. Palidez cutâneo-mucosa. Priapismo. Sudorese aumentada.
. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada. Visão embaçada.
. Abdome distendido. Adenomegalia. Dor óssea. Perda de peso.
. Abdome distendido. Adenomegalia. Evolução crônica. Perda de peso.
. Abdome distendido. Adenomegalia. Fadiga muscular. Febre.
. Abdome distendido. Adenomegalia. Fadiga muscular. Perda de peso.
. Abdome distendido. Adenomegalia. Fadiga muscular. Sudorese aumentada.
. Abdome distendido. Dor óssea. Fadiga muscular. Perda de peso.
. Abdome distendido. Esplenomegalia. Evolução crônica. Perda de peso.
. Abdome distendido. Esplenomegalia. Fadiga muscular. Febre.
. Abdome distendido. Esplenomegalia. Fadiga muscular. Perda de peso.
. Abdome distendido. Esplenomegalia. Fadiga muscular. Sudorese aumentada.
. Abdome distendido. Fadiga muscular. Febre. Hepatomegalia.
. Abdome distendido. Fadiga muscular. Febre. Palidez cutâneo-mucosa.
. Abdome distendido. Fadiga muscular. Febre. Perda de peso.
. Abdome distendido. Fadiga muscular. Hepatomegalia. Sudorese aumentada.
. Abdome distendido. Fadiga muscular. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Abdome distendido. Fadiga muscular. Perda de peso. Sudorese aumentada.
. Adenomegalia. Dispneia. Esplenomegalia. Fadiga muscular.
. Adenomegalia. Dispneia. Esplenomegalia. Palidez cutâneo-mucosa.
. Adenomegalia. Dispneia. Esplenomegalia. Sudorese aumentada.
. Adenomegalia. Dispneia. Esplenomegalia. Visão embaçada.
. Adenomegalia. Dispneia. Evolução crônica. Sudorese aumentada.
. Adenomegalia. Dispneia. Fadiga muscular. Hepatomegalia.
. Adenomegalia. Dispneia. Hepatomegalia. Sudorese aumentada.
. Adenomegalia. Dispneia. Hepatomegalia. Visão embaçada.
. Adenomegalia. Dispneia. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada.
. Adenomegalia. Dor óssea. Esplenomegalia. Febre.
. Adenomegalia. Dor óssea. Evolução crônica. Febre.
. Adenomegalia. Dor óssea. Evolução crônica. Perda de peso.
. Adenomegalia. Dor óssea. Fadiga muscular. Perda de peso.
. Adenomegalia. Dor óssea. Febre. Hepatomegalia.
. Adenomegalia. Dor óssea. Febre. Palidez cutâneo-mucosa.
. Adenomegalia. Dor óssea. Febre. Perda de peso.
. Adenomegalia. Dor óssea. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Adenomegalia. Esplenomegalia. Evolução crônica. Sudorese aumentada.
. Adenomegalia. Evolução crônica. Fadiga muscular. Sudorese aumentada.
. Adenomegalia. Evolução crônica. Hepatomegalia. Sudorese aumentada.
. Adenomegalia. Evolução crônica. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada.
. Adenomegalia. Fadiga muscular. Palidez cutâneo-mucosa. Visão embaçada.
. Dispneia. Dor óssea. Fadiga muscular. Hepatomegalia.
. Dispneia. Esplenomegalia. Evolução crônica. Palidez cutâneo-mucosa.
. Dispneia. Esplenomegalia. Febre. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Esplenomegalia. Febre. Visão embaçada.
. Dispneia. Esplenomegalia. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Dispneia. Esplenomegalia. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Esplenomegalia. Perda de peso. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Esplenomegalia. Perda de peso. Visão embaçada.
. Dispneia. Esplenomegalia. Sudorese aumentada. Visão embaçada.
. Dispneia. Evolução crônica. Febre. Visão embaçada.
. Dispneia. Evolução crônica. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa.
. Dispneia. Evolução crônica. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Evolução crônica. Perda de peso. Visão embaçada.
. Dispneia. Fadiga muscular. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa.
. Dispneia. Febre. Hepatomegalia. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Febre. Hepatomegalia. Visão embaçada.
. Dispneia. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Hepatomegalia. Perda de peso. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Hepatomegalia. Perda de peso. Visão embaçada.
. Dispneia. Hepatomegalia. Sudorese aumentada. Visão embaçada.
. Dor óssea. Esplenomegalia. Evolução crônica. Febre.
. Dor óssea. Evolução crônica. Fadiga muscular. Febre.
. Dor óssea. Evolução crônica. Fadiga muscular. Perda de peso.
. Dor óssea. Evolução crônica. Febre. Hepatomegalia.
. Dor óssea. Evolução crônica. Febre. Palidez cutâneo-mucosa.
. Dor óssea. Evolução crônica. Febre. Perda de peso.
. Dor óssea. Fadiga muscular. Febre. Hepatomegalia.
. Dor óssea. Fadiga muscular. Febre. Perda de peso.
. Dor óssea. Fadiga muscular. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Dor óssea. Febre. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Esplenomegalia. Evolução crônica. Febre. Palidez cutâneo-mucosa.
. Esplenomegalia. Evolução crônica. Febre. Sudorese aumentada.
. Esplenomegalia. Evolução crônica. Febre. Visão embaçada.
. Esplenomegalia. Evolução crônica. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Esplenomegalia. Evolução crônica. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada.
. Esplenomegalia. Evolução crônica. Perda de peso. Sudorese aumentada.
. Esplenomegalia. Evolução crônica. Perda de peso. Visão embaçada.
. Evolução crônica. Fadiga muscular. Febre. Visão embaçada.
. Evolução crônica. Fadiga muscular. Perda de peso. Visão embaçada.
. Evolução crônica. Febre. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa.
. Evolução crônica. Febre. Hepatomegalia. Sudorese aumentada.
. Evolução crônica. Febre. Hepatomegalia. Visão embaçada.
. Evolução crônica. Febre. Perda de peso. Visão embaçada.
. Evolução crônica. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Evolução crônica. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa. Sudorese aumentada.
. Evolução crônica. Hepatomegalia. Perda de peso. Sudorese aumentada.
. Evolução crônica. Hepatomegalia. Perda de peso. Visão embaçada.
. Evolução crônica. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso. Sudorese aumentada.
. Fadiga muscular. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Fadiga muscular. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa. Visão embaçada.
. Adenomegalia. Dispneia. Esplenomegalia. Evolução crônica. Perda de peso.
. Adenomegalia. Dispneia. Evolução crônica. Hepatomegalia. Perda de peso.
. Adenomegalia. Dispneia. Febre. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa.
. Adenomegalia. Esplenomegalia. Evolução crônica. Fadiga muscular. Febre.
. Adenomegalia. Esplenomegalia. Fadiga muscular. Febre. Palidez cutâneo-mucosa.
. Adenomegalia. Esplenomegalia. Fadiga muscular. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Adenomegalia. Evolução crônica. Fadiga muscular. Febre. Hepatomegalia.
. Adenomegalia. Fadiga muscular. Febre. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa.
. Dispneia. Esplenomegalia. Evolução crônica. Fadiga muscular. Febre.
. Dispneia. Esplenomegalia. Evolução crônica. Febre. Perda de peso.
. Dispneia. Esplenomegalia. Fadiga muscular. Febre. Perda de peso.
. Dispneia. Evolução crônica. Fadiga muscular. Febre. Hepatomegalia.
. Dispneia. Evolução crônica. Fadiga muscular. Febre. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Evolução crônica. Fadiga muscular. Perda de peso. Sudorese aumentada.
. Dispneia. Evolução crônica. Febre. Hepatomegalia. Perda de peso.
. Dispneia. Fadiga muscular. Febre. Hepatomegalia. Perda de peso.
. Dispneia. Febre. Hepatomegalia. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso.
. Dispneia. Febre. Palidez cutâneo-mucosa. Perda de peso. Sudorese aumentada.