Estreitamento péptico do esôfago
DISMOTILIDADE. Estenose péptica do esôfago.
Sexo: Não informado. Idade: Não informada. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia: HISTÓRIA PESSOAL:. Doença do refluxo gastroesofágico, em 10%.
Clínica:. Pirose, progressiva. Disfagia, esofageana, progressiva por meses ou anos, regredindo com a progressão do estreitamento. Esofagite, erosiva, ativa.
Laboratório: ENDO com biópsia:. Positiva.
Nenhum conjunto compatível de até 5 elementos foi encontrado!