Alopecia areata clássica
ALOPECIAS. (AA); Alopecia em áreas; Alopecia areata; Spot baldness; Vitiligo capitis; Jonston alopecia. Uma genoimunopatologia, sem destruição ou atrofia dos folículos pilosos. Descrita por Aulus Cornelius Celsus (42 aC-37) enciclopedista romano, em 1664 por Jan Jonston (1603-1675), médico polonês, e em 1817 por Thomas Bateman (1778-1821), dermatologista inglês. O termo "Alopecia areata" foi introduzido em 1763 por François Boissier de Sauvages de Lacroix (1706-1767), médico francês. O sinal de Widy (W Widy) descrito em 1956 é um tricograma telógeno com alteração semelhante a maça ou clava na extremidade do cabelo.
Sexo: Não informado. Idade: Jovem. Adulto. Distribuição. Diagnóstico diferencial.
Epidemiologia:
Clínica:. Queda de cabelo, localizada. Regiões perfeitamente lisas sem cabelos, uma placa alopécica lisa com coloração da pele normal atingindo o couro cabeludo ou qualquer área pilosa do corpo. Cabelo hipopigmentado, eventual. Perda de cabelo, em manchas circunscritas, geralmente de forma arredondada ou oval. Cabelo em ponto de exclamação, espessura maior na extremidade distal. Sinal de Widy, deposição do pigmento de melanina na extremidade distal do pelo. & Hiperqueratose folicular na área alopécica.
Laboratório:
Lista de 4 síndromes minimais compatíveis de até 5 elementos...
. Regiões perfeitamente lisas sem cabelos.
. Cabelo hipopigmentado. Perda de cabelo.
. Cabelo hipopigmentado. Queda de cabelo.
. Perda de cabelo. Queda de cabelo.